Na volta às aulas remotas, escola municipal de Ribeirão Pires entrega cartinhas a estudantes

Por Thiago Lima 08/03/2021 - 16:46 hs
Foto: Foto-Alexandre Henrique

Professoras da E.M. Angelina Denadai escreveram mensagens à mão desejando boas-vindas, fortalecendo o vínculo com as crianças atendidas pela unidade escolar

As atividades remotas da rede municipal de Ribeirão Pires, retomadas em fevereiro, seguem sendo realizadas para alunos de todos os segmentos – do Infantil ao Fundamental II. Como alternativa ao distanciamento físico entre estudantes e os profissionais das escolas – medida de segurança contra o coronavírus – professores e gestores usam a criatividade e até mesmo resgatam antigos costumes para fortalecer o vínculo afetivo entre alunos e unidade escolar.


Uma das iniciativas que ganhou destaque na rede veio da E.M. Angelina Denadai Bertoldo, situada no bairro Colônia. Na escola, que atende 120 crianças no Ensino Infantil Integral (0 a 3 anos), professoras estão escrevendo à mão cartinhas que são enviadas às famílias de seus estudantes. Cada uma das mensagens, que chega via Correios ou por um dos profissionais da unidade, leva muito mais do que as boas-vindas para o início deste ano letivo.

“Quando nós escrevemos uma carta, colocamos todo o nosso sentimento nas palavras, aquilo que a gente gostaria de desejar. Um sentimento de saudade, de vontade de estarmos juntos novamente. Resgatamos algo que hoje em dia não temos mais, que é pegar uma caneta, um papel, e escrever uma carta para aquela pessoa que a gente tanto gosta. Seja para mandar boas notícias ou saber como ela está. Essa foi nossa ideia. Resgatar, também, essa aproximação”, contou a professora Luciana Del Riga da Costa (Berçário II).

Um dos alunos da professora Luciana, o Luiz Miguel Leonel, recebeu, junto com sua família, a cartinha. “Nesse momento que nós estamos enfrentando é bom receber um carinho. O fato de escreverem a carta à mão já demostra isso e o cuidado que elas têm com cada criança. Demonstra o amor pela profissão, àquilo que elas escolheram. Afinal, é como se elas estivessem cuidando de seus próprios filhos”, considerou Dilma Leonel, mãe de Luiz Miguel.

A cartinha foi entregue pela diretora da unidade escolar, Marisangela dos Santos, que ressaltou a importância da ação. “Construímos com as professoras as formas de acolher os alunos nesta retomada. Estamos fortalecendo os vínculos entre as crianças e seus professores, demonstrando nosso carinho e nossa saudade”, disse.